• Journal Article

As razões das diferenças de desempenho acadêmico na América Latina: dados qualitativos do Brasil, Chile e Cuba

Citation

Carnoy, M., Gove, A., & Marshall, J. H. (2003). As razões das diferenças de desempenho acadêmico na América Latina: dados qualitativos do Brasil, Chile e Cuba. Revista Brasileira de Estudos Pedagogicos (RBEP), 84(206/207/208), 7-32.

Abstract

Apresenta os resultados de uma análise de práticas de ensino, utilizando dados do
Brasil, do Chile e de Cuba. Esses dados incluem fitas de vídeo de 10 a 12 aulas de
matemática para a 3ª série de cada país. Cada fita foi analisada mediante um instrumento
de observação que enfoca a estrutura da turma, seu nível de engajamento e outros indicadores
de processo. Adicionalmente, foi utilizado um sistema de mensuração do nível de
conteúdo, visando entender o conceito da aula, o nível de demanda cognitiva e a interação
entre a professora e a turma. Em conjunto, esses dois instrumentos são utilizados para
aprofundar a análise das variações na pontuação obtida nos testes por Cuba e pelos
demais países latino-americanos. Os resultados revelam diferenças significativas entre as
aulas observadas nos três países, tanto em relação às práticas adotadas pelos professores
no manejo das classes, quanto no que diz respeito à dificuldade relativa dos conteúdos
abordados. As aulas cubanas e as aulas das escolas privadas conveniadas do Chile se
destacaram positivamente em comparação com aquelas observadas nas escolas brasileiras
e nas escolas públicas chilenas.